Calouros e veteranos da Estácio Natal recolherão doações em prol do Instituto dos Cegos e Juvino Barreto

Em um cenário ainda de incertezas e necessidade de ajuda mútua, as três unidades da Estácio Natal estão mobilizando seus alunos para uma colaboração em massa às organizações sociais Juvino Barreto e o Instituto dos Cegos por meio do Trote Solidário da Estácio.

Por conta da pandemia da COVID-19, a ação beneficente tradicional na instituição de ensino foi reformulada, mas continua fazendo parte do Programa Boas-Vindas Calouros: uma forma de integrar veteranos e novos alunos nessa nova etapa de estudos, transformando-a em um gesto de solidariedade e possibilitando aos alunos da faculdade uma acolhida mais segura e humanizada.

Para Marcos Antônio da Silva, presidente do Instituto dos Cegos, essa parceria é um grande suporte para a organização. “Nós nos mantemos com as doações da comunidade e dos parceiros para cumprir com nossos objetivos estatutários, educando, reabilitando e trabalhando para inclusão de pessoas cegas no contexto social. Para realizar tudo isto, é preciso muitos apoios, e este apoio está vindo também do nosso parceiro Estácio”, afirma.

Da mesma forma, a assistente social do Juvino Barreto, Célia Costa, acredita que as doações virão em um bom momento. “A participação no Trote Solidário é uma parceria bem importante para a casa, pois a instituição vive de doações da sociedade civil, parte do provento dos idosos, e parcerias. Toda doação que nós recebemos é fundamental para sobrevivência da casa”, expõe.

Essa iniciativa faz parte do Pilar Cidadania do Programa de Responsabilidade Social Corporativo – Educar para Transformar. A iniciativa da Estácio é de abrangência nacional e, por isso, as pessoas poderão selecionar as instituições que querem ajudar. O Trote Solidário já existe há 20 anos e faz parte do Programa Boas-vindas. Este ano, com a pandemia, a ação torna-se ainda mais necessária. Os valores arrecadados ajudarão às organizações da sociedade civil e às instituições sociais na implementação de seus projetos.

“A Estácio está promovendo o Trote Solidário e, pela 20ª vez consecutiva, vamos levar educação e gerar impacto social nas regiões em que atuamos. Queremos que nossos alunos, professores e colaboradores contribuam de forma sustentável para o desenvolvimento local, ajudando assim, a transformar a vida das pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social”, afirma Cláudia Romano, vice-presidente de Relações Governamentais, Sustentabilidade e Comunicação da Estácio.

Até o dia 30 de setembro, estudantes da Estácio e o público externo poderão doar valores a partir de R$ 10,00 diretamente na plataforma online para Organizações Não Governamentais (ONGs) indicadas pela Instituição de Ensino Superior, como Médicos Sem Fronteiras, TETO Brasil, #Vencendojuntos (projeto), Associação de Apoio à Criança com Câncer (AACC), entre outras. Os interessados em transformar várias vidas poderão colaborar por meio do link: htpps://trotesolidario.v2v.net/pt-BR.