Ministro Eduardo Braga defende acordo que permita manutenção do PROGÁS

unnamed
O ministro Eduardo Braga garantiu ao senador Garibaldi Alves Filho que o Ministério das Minas e Energia está empenhado em resolver o problema e vem mantendo entendimento direto com a Petrobras para encontrar uma alternativa que permita a manutenção do PROGÁS no Rio Grande do Norte. Em audiência pública realizada nesta quarta-feira (8) na Comissão de Serviços de Infraestrutura, Garibaldi pediu o apoio do ministro para que uma saída seja encontrada o mais rapidamente possível.
“A Petrobras e o Governo do Rio Grande do Norte não estão se entendendo com relação a créditos e débitos entre eles. Essa divergência está colocando em risco a manutenção de um programa que é de importância fundamental na atração de novas indústrias para o estado e na manutenção das atividades daquelas que já se instalaram”, explicou Garibaldi Filho.
O atual contrato mantido entre o governo potiguar e a Petrobras expira no dia 30 de abril. A empresa tem exigido o pagamento de uma dívida em valor não reconhecido pelo Estado. Criado durante a gestão de Garibaldi Filho como governador do Rio Grande do Norte, o PROGÁS viabiliza o fornecimento de gás natural a preço reduzido para as indústrias que se instalam no RN ou para as já existentes que decidem ampliar suas plantas industriais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.