Por proposição da FIERN, a CNI aprova Medalha do Mérito Industrial para Flávio Rocha

flaviorocha2015Em reunião hoje (28), em Brasília, a Diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), por proposição do Sistema FIERN,  aprovou a indicação do empresário potiguar Flávio Rocha, do grupo Guararapes/Riachuelo, para receber a medalha da Ordem do Mérito Industrial da CNI.
“Por suas qualidades pessoais, pela atuação persistente nas trincheiras diárias de seus empreendimentos e, ainda, pelo destacado histórico de líder empresarial e sindical, Flávio Rocha merece o reconhecimento dos industriais e do Sistema Indústria”, destaca o presidente da FEIR, Amaro Sales, no documento em que submeteu o nome do industrial para receber a medalha.
Ele lembra ainda que sob a liderança de Flávio Rocha, o Grupo Guararapes está liderando o maior projeto de compras de serviços no interior do Rio Grande do Norte (Pró-Sertão), com a ampliação de sua produção através da contratação, até dezembro de 2015, de mais de cem empresas industriais para confecção de peças do vestuário para a rede de lojas Riachuelo.
MÉRITO INDUSTRIAL DA CNI – Criada em 1958, pelos empresários Roberto Símonsen e Euvaldo Lodi, a medalha da Ordem do Mérito Industrial da CNI tem objetivo de expressar o reconhecimento da indústria nacional a personalidades de todos os segmentos da sociedade brasileira, que ajudaram e continuam ajudando a escrever capítulos memoráveis da história da indústria brasileira.
As indicações ao recebimento da Ordem do Mérito podem ser feitas pelas 27 federações de indústrias e pelo presidente da CNI. O número máximo de concessões, anualmente, da Ordem do Mérito Industrial se restringe ao máximo de dez.
A escolha é feita pela Comissão da Ordem do Mérito, composta por cinco representantes, e posteriormente os nomes são levados ao conhecimento do Conselho da Ordem do Mérito, integrado pela Diretoria da CNI e seus Conselheiros Eméritos, para aprovação ou rejeição das propostas.
Entre as personalidades e empresários que receberam a comenda, se destacam os ex-presidentes Juscelino Kubitschek, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula Da Silva; além do ex-vice-presidente José de Alencar e dos industriais Jorge Gerdau, Antônio Ermírio de Moraes e Ivo Hering.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.